Publicado em 22.04.2019 às 08:02

Abelhas articuladas com ensino

A cultura escolar delimitada pela fala do professore ouvintes vem sendo revista nos últimos anos em sala de aula. A abordagem de conteúdos em qualquer disciplina está sendo influenciada pelos saberes múltiplos dos alunos. Memórias de brincadeiras com amigos, conversas em família ou até mesmo um questionamento pode desencadear a divulgação do conhecimento. E foi justamente uma simples pergunta - De onde sai o mel na abelha? -oinício de um grande debate e estopim para um projeto de investigação dos alunos do 2º ano B da Escola Municipal de Ensino Fundamental Borges de Medeiros, de Presidente Lucena.

“Os alunos nas séries iniciais possuem uma curiosidade própria de infância, não demonstram vergonha de perguntar sobre algo que lhes despertou a curiosidade e, incentivados, procuram por respostas aos seus questionamentos. O projeto, trabalhado no ano passado, favoreceu o aprendizado em todas as disciplinas”, diz a professora Denise Laux Willrich, que coordenou o estudo investigativo sobre a organização e funções das abelhas dentro da colmeia, como o mel é produzido, desde a coleta do néctar até a secagem com as asas.

O despertar para o tema “De onde vem o mel?” originou diversas atividades em sala de aula e expedições de campo, contemplando as disciplinas de Ciências (anatomia das abelhas e observação das flores), Matemática (formas geométricas, grandezas e tempo), Português (leitura, interpretação e produção textual), História/Geografia (caminhadas pela paisagem local e importância do meio ambiente), Ensino Religioso (reflexão sobre respeito e preservação) e Artes, com a exploração de diversas técnicas de pintura, recortes e modelagem.

Em 1o lugar até 2024

Desde janeiro do ano passado, o Instituto São Leopoldo 2024 e o Grupo Sinos estão chamando a atenção e incentivando os 52 munícipios dos Coredes Rio dos Sinos, Rio Caí, Paranhana/Encosta da Serra e Região das Hortênsias, mais Cachoeirinha e Gravataí, a vencer as metas fixadas pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Este é o propósito do projeto Educação em 1º Lugar, que tem o objetivo de disseminar práticas docentes até 2024, ano do Bicentenário da Imigração Alemã.

FONTE RICA DE DADOS E ENVOLVIMENTO FAMILIAR

Alinhando conhecimento e ludicidade, a experiência vivida pelos pequenos cientistas ou investigadores não serviu apenas de rica fonte de dados