Publicado em 24.09.2018 às 09:37

Educação pede olhares individualizados

Os números da educação brasileira se tornaram um grande desafio. A última avaliação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) sinaliza a urgência de mudanças. Porém o levantamento do desempenho escolar não pode ser olhado genericamente, mas de forma mais individualizada e considerando os diversos fatores que pesam neste resultado. Condições pedagógicas, sociais e de infraestrutura das escolas, pouco envolvimento das famílias, que transferem responsabilidades, qualificação e valorização dos professores, e políticas educacionais são alguns pontos que merecem um diagnóstico mais amplo. A busca de uma imagem real da situação para uma melhoria contínua no ensino é o objetivo do Educação em 1o Lugar, projeto do Instituto São Leopoldo 2024 e Grupo Sinos com alcance nos 52 municípios dos Coredes Rio dos Sinos, Rio Caí, Paranhana/Encosta da Serra e Região das Hortênsias, mais Cachoeirinha e Gravataí. Análises e inferências que ganham a voz da Faccat, Feevale e Unisinos, instituições formadoras de docentes do ensino fundamental e médio da região.

Baixa demanda na licenciatura

Ver os alunos aprendendo é o quemaismotiva os professores a continuarem na carreira do magistério, mas preocupa a queda acentuada nos cursos de licenciatura. Fato constatado pelas três instituições. Mesmo com incentivos para a formação de professores, como descontos que podem ir de 40% a 70% no valor da mensalidade, o interesse vem reduzindo nos últimos anos.

Abaixa demanda por graduação esbarra na crise econômica, diminuição de políticas de incentivo à formação de professores por parte do Poder Público, como existia há alguns anos. Sem falar no discurso social de desvalorização da carreira docente que precisa ser superado. Dados do “Educação para o BrasilAvançar”, documento emitido emmaio de 2018 peloMEC, revelamque quase 50% dos docentes não tem formação nas áreas de atuação de Língua Portuguesa e Matemática.

Acesse:

www.educacaoem1lugar.com.br

www.isl2024.org.br

www.brasilalemanha.com.br